quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Amor ingênuo



É bom sentir-se ingenuamente amado
Quando só existem dúvidas e senões
Amores que vão e vêm, como balões
Soltos ao ar em dia de festa!

É bom festejar, assim, o amor ingênuo
E os aromas de lavanda que ele encerra
Olhares e jeitos que deitam sobre a terra
Um novo verdecer, no verdor da primavera.

Sente-se prenhe de ingenuidade, esse amor
Que sonha mil sonhos de desejos
Tão puros e insensatos de sonhar.

E ama esse amar ingenuamente
Ainda que impuro se revele como a gente
Mas amar é sempre bom – e vale o amar!


(Lendo "Sou feliz", de Luz, em http://afetosecumplicidades.blogspot.com.br/2012/10/sou-feliz.html#comment-form)

9 comentários:

Ju Marques disse...

"Amo o amor dos marinheiros que beijam e se vão. Deixam uma promessa. Não voltam nunca mais"

LUZ disse...

Olá Pedro,

Obrigada por ler meu poemazinho, "Sou Feliz" e ter escrito outro, melhor que o meu.

Amar, com inocência, deveria ser eterno.

É a segunda vez que me visita, depois de tanto tempo afastado.
É sempre agradável, mas não sei é quanto tempo dura.

A palvra e o número, ainda pra digitar? VIRGEM SANTÍSSIMA!

Pedro, altere lá ess asituação. É só ir ao perfil e clicar não.
Posso contar com você?

Pedro Camilo disse...

Rsss
Pronto, Luz. Acho que resolvi.
Quanto a ser melhor que o seu... Deixe de modéstia. Inda tenho muito a aprender, sobretudo contigo.
Aquele abrao!

LUZ disse...

Bom dia Pedro,

Obrigada por me ter respondido.
Você sabe que tem muito talento e muita capacidade para escrever e argumentar.
Pensei em comentar seu blogão "Direito pelo Avesso" (que título inteligente!), ora, mas eu não conheço as pessoas citadas nos seus textos e de Direito nada entendo, embora tenha frequentado a Faculdade de Direito durante uns oito meses. Depois, achei que "aquilo" era muito "blá-blá-blá" e desisti, tendo passado para História, e mais tarde, após o mestrado, Língua Portuguesa.

Todos nós estamos sempre aprendendo, a cada dia, sem dúvida, mas eu é que tenho de aprender com você.

Na sua foto de perfil dos seus três
blogs, está todo bem produzido, de terno, como se fosse para o Tribunal, como Advogado de Defesa ou Acusação, mas no seu blog "Direito pelo Avesso", do lado esquerdo, em cima, aparece uma foto, bem bonita, por sinal e não sei se é ou não você. É?

Abraço.

PS: em Lisboa, está chovendo. Detesto chuva.

LUZ disse...

PARABÉNS, PEDROCAS! (como se chamam os Pedros, em Portugal, carinhosamente).

A palavra e o número sumiram. Que bom!
Tão fácil, desse jeito.

Um amanhecer radioso, lhe desejo.
Luz

LUZ disse...

Oi Pedro, eu de novo!

Sabe que eu tenho outro blog? Talvez não saiba. Lhe vou fornecer o link:

luzeseluares.blogspot.com

Talvez poste, hoje, lá. Vamos ver!

Abraço.

LUZ disse...

Pedrocas,

Oi, hibernou, de novo?

Como sabe, todas as perguntas merecem uma resposta. Não é asim, no Brasil?

Bom fim de semana.
Abraço.

Pedro Camilo disse...

Olá, Luz.
Não hibernei. No Brasil, já é primavera...
Estou às tontas com a dissertação, que preciso finalizar e depositar. Logo, logo conhecerei seu outro blog.
Abraços!!!

LUZ disse...

Oi, Pedro!

E eu não sei!
O Brasil se situa no Hemisfério Sul e Portugal no do Norte. Então, temos estações do ano, e não só, opostas.

Beijo.
Aguardo sua visita.